sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

11 Oscar 2011: Apostas e comentários

Quem deve ganhar e quem eu gostaria que ganhasse o prêmio da Academia

Neste domingo acontecerá a maior e mais esperada premiação de cinema dos Estados Unidos: O Oscar. E como todos estão lançando suas listas de apostas, lançarei também a minha, visando as principais categorias apenas e complementando com alguns comentários. Se quiser ver minhas apostas do ano passado, clique aqui. Então, sem mais demora, vamos lá:

MELHOR FILMEO Discurso do Rei

O Discurso do Rei tem tudo para levar o prêmio de melhor filme. Não é o melhor fillme, mas tem mais a cara de Oscar. Levou grande parte dos prêmios dos sindicatos, incluindo o Directors Guild of America (o sindicato dos diretores) e o Producers Guild of America (que, seria o correspondente à categoria de melhor filme do Oscar). Uma pena, pois a Rede Social e Bravura Indômita (para não falar outros da lista) são bem melhores. Torço para A Rede Social.

MELHOR DIRETOR: Tom Hooper (O Discurso do Rei)

Nessa categoria, alguns falam da possibilidade de David Fincher ganhar, como que uma forma de compensação pela derrota em melhor filme. Gostaria que assim fosse, mas acho improvável. Dificilmente o vencedor do sindicato de diretores diverge do vencedor do Oscar - o número de votantes em comum é enorme. O trabalho de Hooper não é ruim. Talvez, sem sua direção O Discurso do Rei se tornasse bem mais chato do que em alguns momentos é. Apesar disso, David Fincher ou os irmãos Coen seriam um melhor destino para a estatueta despida.

MELHOR ATOR: Colin Firth (O Discurso do Rei)

Categoria que normalmente é de fácil previsão está mais fácil do que nunca nesse ano. Colin Firth arrastou tudo o que era possível por seu trabalho em O Discurso do Rei. E não é pra menos, o inglês de 50 anos, indicado ano passado, faz um trabalho incrível, vivendo o rei gago George VI. O interessante é que todos os outros indicados apresentam trabalhos dignos de premiação, e não apenas de indicação.

MELHOR ATRIZ: Natalie Portman (Cisne Negro)

Outra categoria quase certa. A bailaria com problemas psicológicos Nina tem tudo para dar a Natalie Portman sua primeira estatueta. Não sei até que ponto é o melhor trabalho de Portman, prefiro muito mais sua personagem em Closer, mas o fato é que a Academia adora caretas e cara de choro - e nisso Portman dá show aqui. Annette Bening corre por fora pelo papel da lésbica "pai" de família que interpreta em Minhas Mães e Meu Pai (um dos meus filmes preferidos da lista), mas dificilmente atrapalhará a festa de Portman e dos indies desse mundo.

MELHOR ATOR COADJUVANTE: Christian Bale (O Vencedor)

Outra coisa que Hollywood adora são personagens que requerem uma grande mudança física no ator. É o caso do ex-lutador de boxe e viciado em craque vivido por Bale, que vem levando tudo o que é prêmio por esse papel. Sem dúvida a atuação de Bale é maravilhosa, mas outros ótimos trabalhos figuram na lista. Como o de Geoffrey Rush por "O Discurso do Rei" e Mark Ruffalo, por Minhas Mães e Meu Pai. De todos, o que mais gostei foi Ruffalo.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Melissa Leo (O Vencedor)

A veterana Melissa Leo encontrou sucesso na carreira depois dos 50. Depois de anos de tabalho sem muito reconhecimento, a novaiorquina foi indicada ano passado por Rio Congelado e agora chega como grande favorita por seu trabalho de mãe dominadora em O Vencedor. No entanto, apesar de tudo, Leo cometeu uma tremenda gafe que comprometeu seu favoritismo (entenda mais aqui). O fato é que a jovem Hailee Steinfeld (apenas 14 anos) ganhou força com isso. Sem dúvida, prefiriria que a vencedora fosse Steinfild. A garota está demais interpretando a pequena e falastrona Mattie Ross em Bravura Indômita. 

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: Christopher Nolan (A Origem)

O inglês Cristopher Nolan deve levar seu primeiro Oscar esse ano. Para muitos injustiçado por não está presente na lista dos cinco diretores, Nolan recebeu a premiação do WGA, sindicado de roteiristas de Hollywood, o que o credencia a favorito na disputa. Sem dúvidas, Nolan foi o que teve mais trabalho pra escrever o roteiro, porém, ao meu ver, isso não o torna o melhor. Mas, apesar de gostar de Stuart Blumberg e Lisa Cholodenko por "Minhas Mães e Meu Pai", se o Oscar for para Nolan estará em boas mãos.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: Aaron Sorkin (A Rede Social)

Vencedor quase certo. O atual e inteligente roteiro de Sorkin, também vencedor do WGA, pode ser um dos únicos prêmios do antes favorito A Rede Social. Da lista, outro trabalho notável é o dos irmãos Coen, que adaptam tão bem o livro de Charles Portis. O prêmio indo para qualquer desses dois já estaria em boas mãos.
 
MELHOR ANIMAÇÃO: Toy Story 3

Única animação presente no rol dos dez melhores filmes, Toy Story 3 deve levar facilmente o Oscar de melhor animação, e manter a hegemonia da Pixar. Gosto dos filmes da Pixar, mas ainda não os troco pelas animações de Hayao Miyazaki e seu estúdio Ghibli.

Enfim, escrevi mais do que gostaria, mas aí estão minhas apostas para as principais categorias do Oscar. Infelizmente, a maioria dos meu palpites não são aqueles que eu gostaria ver ganhando, mas, mesmo assim, vejo melhores vencedores esse ano que no ano passado. E vocês, em quem apostam?

11 comentários:

Roberta disse...

Matheus, Matheus torcedor de A Rede Social.
Acabei de ver O Discurso do Rei, belo filme, comove e é de uma peculiaridade fria.
Black Swan, não tenho mais comentários para fazer para tal filme. lindo, lindo, lindo.
Também fiz minha aposta, depois dá uma conferida lá.

Equipe Cinema Detalhado disse...

Estamos com as mesmas apostas! kkkkk solto as minhas amanha!

Plutonauta disse...

Me lembrei de uma vez que fiz apostas assim porque vlia ingressos para ir ao Cinemark o ano todo ..... perdi feio !!!!!! kkkkk

Confesso que nunca assisto inteiro, muito fuso horário e necessidade de acordar cedo na segunda-feira ..... mas acho que desta vez só pela Natalie Portman eu vou ver .....

Bruno Cunha disse...

O Discurso do Rei vai ganhar pois, como dizes, é o que tem mais cara de Óscar.

Abraço
Frank and Hall's Stuff

Mateus Souza disse...

Roberta: Hehe, sou mesmo um torcedor de A Rede Social. Quanto ao Black Swan, gosto também, mas não o vejo como melhor filme - e muito menos como um filme "premiável" no Oscar. Sabe como é, né?

Cinema Detalhado: Haha, vamos ver, vamos ver, =].

Plutonauta: Antes a cerimônia era mais chata, agora tá melhor de se assistir. Ah, assistir a Natalie Portman sempre é bom, haha.

Bruno: Infelizmente, temos razão, haha.

Jardel Nunes disse...

Bom, minha torcida vai para:

Melhor Filme: A Rede Social
Diretor: David Fincher
Ator: Colin Firth
Atriz: Natalie Portman
Ator Codjuvante: "Batman"
Atriz Codjuvante: Não vi Bravura ainda (o único que não assisti) e prefiro não comentar, pois não achei nenhuma grande atuação entre as que eu vi.
Roteiro Original: O Vencedor
Roteiro Adaptado: 127 HOras
Animação: Toy Story 3

Minha humilde opinião.. acho que se eu participasse de um bolão, ia me ferrar hahaha

até

Wallacy disse...

É, discordamos mesmo em alguns pontos, vamos ver quem acerta mais! rs Vou te linkar lá no meu blog, um abraço!

Kamila disse...

Espero, sinceramente, que você esteja errado em Melhor Filme e Diretor. Já que não pode dar "Cisne Negro" e Aronofsky, que dê "A Rede Social" e David Fincher.

Jack, The Ripper disse...

Espero que "Cisne Negro" leve o prêmio de melhor filme, eu realmente o adorei. Apesar de não ter me animado a assistir "A Rede Social", infelizmente.

Mateus Souza disse...

Jardel: Se eu votasse levando em conta a minha torcida, essa lista ia ser bem diferente!

Wallacy: Opa, aqui já está linkado ^^

Kamila: Eu também espero estar errado, hehe.

Jack: A Rede Social é muito bom. Vale a pena ser visto. Quanto ao Cisne, gosto, mas não acho tão bom assim.

=]

Anderson Siqueira disse...

Olá!
Adicionei o seu blog no meu.
Abraço e prazer!

Postar um comentário

O Cinema para Desocupados agradece pelos comentários!

Sempre que necessário os responderemos.